domingo, 14 de agosto de 2011

Progshine

Desde que comecei a utilizar a internet com mais frequência e, logo em seguida, ingressei neste universo dos blogs dedicados à Música, entrei em contato com várias pessoas, de todos os tipos, de todas as laias. Entre tantas, acabei fazendo amizade com algumas. O interessante da história é que são, todas elas, pessoas com o interesse comum pela Música, ou pela Arte em si, o que gera uma afinidade quase instantânea, matéria prima para muitas conversas e diversões em geral.
A lista dos amigos que fiz por aqui é grande, ainda bem! Alguns deles se tornaram não só frequentadores assíduos dos blogs, mas, também, amigos – mesmo que nunca tenhamos sequer nos visto ou nos falado ao telefone, por exemplo. De todos, o que mais troco idéias em geral, acabou se tornando também colaborador e parceiro nas postagens, o doido que posso chamar de amigo Diego Camargo, o “Progshine”.
Desde que iniciei meus caminhos no Delirium Dust, o cara faz companhia, seja nos comentários ou nos inúmeros blogs que criou – sendo o primeiro deles o que batiza o site até hoje: Progshine. Sempre nos visitamos e as idéias que trocamos geraram frutos como a série de postagens sobre o Franka Zappa, o ‘Zappeando no Domingão’, que marcou época no Pântano Elétrico, além de postagens que foram praticamente presentes dele (os periféricos do Queen, Wilco, The Charlatans, Fastball, Manic Street Preachers, entre outros).
Eu tive a idéia de fazer uma postagem sobre o Progshine, talvez o único site brasileiro totalmente devotado ao Prog e suas vertentes, com notícias, entrevistas, resenhas e matérias em geral sobre o estilo, mas como o Progshine é somente uma das múltiplas faces desse maluco e como somos colaboradores, pedi a ajuda do próprio Diego pra contar um pouco mais dele mesmo, senão isso aqui viraria uma rasgação de seda sem tamanho... rsrsrsrsrs Aí vai:

Dizem que começar pelo começo é uma coisa boa! Partindo desse princípio, meu caro amigo Marcello 'Maddy Lee', me pediu pra escrever um pouco sobre mim, aqui vou eu...
Eu nasci em 28/05/1985 como Diego Ferreira Camargo, portanto 26 anos, e do signo de Gêmeos - e muitos dizem que isso influencia o seu caráter; eu acredito, em partes.
Sempre fui considerado 'esperto' pra minha idade (até hoje me pergunto se isso é verdade, me sinto bem burro, cada dia mais) e falante, como diz meu avô: “fala mais que o homem da cobra” (nunca entendi direito isso... rsrs).
Nasci em Lages, Santa Catarina, mas sou um nômade. Já morei em 8 cidades, 3 estados e em 19 casas diferentes, talvez isso tenha alguma influência no meu jeito de ser; eu tenho certeza que sim.
Música foi uma coisa que me chamou atenção desde pequeno, me lembro até hoje do pequeno piano azul-bebê Hering, que eu ganhei quando tinha 5, e lembro do meu irmão Daniel, que sempre ouviu muito BRock em casa; minhas lembranças mais antigas: Engenheiros Do Hawaii e Legião Urbana, as grandes portas pro universo musical.
Aos 11 comecei a escolher minhas próprias músicas e copiava todas as letras de todos os discos que passavam pela minha mão - a mania de coleções que é tão antiga em mim quanto o mundo. Imagine uma coleção: eu tive! Latas de bebida, tampa de garrafa, carteiras de cigarros, caixa de fósforos, moedas, cédulas, selos, Tazos, figurinhas do campeonato brasileiro, revistas em quadrinhos e mais recentemente LPS, CDs e DVDs.
Aos 12 descobri o Queen e minha vida deu uma guinada, queria ser como o Brian May, queria uma guitarra!
Aos 13 descobri Pink Floyd, mesmo sem saber que o 'The Wall' ia me salvar e mudar minha vida.
Aos 14 ganhei meu primeiro violão e outra guinada, coleções de cifras e tablaturas.
Aos 15, já em São Paulo, sabia tocar o 'The Wall' todo no violão e já tinha traduzido ele inteiro (outra mania) pra tentar entender aquele disco. Também montei minha primeira banda, o Irvin.
Toquei em algumas bandas e realmente achava que iria ser músico. Ledo engano! Não era bem isso, pelo menos não profissionalmente, De Volta Às Origens, 1985! e Nova Zelda foram algumas das bandas, dessa vez já como baixista, meu instrumento.
Não tenho coragem de upar nenhuma das músicas dessas bandas, mas ouço e mesmo sabendo que não éramos bons sempre ganho um novo sorriso.
Em 2005 comprei meu primeiro computador e como costumo dizer... fudeu tudo! (rsrs) A música que antes era 'colecionável' agora podia ficar toda junta. Daí pra ter internet e descobrir que discos que antes só existiam nas revistas podiam ser 'obtidos', foi um pulo.
Como eu sempre fui curioso, ainda mais com música, e sempre tive muita coisa, resolvi, no final de 2005 montar um blog, essa era a primeira encarnação do Progshine, meu 'amor maior', inicialmente com downloads de discos progressivos e coisas que eu gostava. Logo notei que muita gente fazia o mesmo e eu não queria ser 'só mais um'; decidi que iria começar de novo e postar apenas discos de Rock Progressivo ou com essa influência (já que esse é meu estilo favorito), mas com um diferencial que eu nunca tinha visto em nenhum outro blog: resenhas pessoais, comentários faixa a faixa sobre o que eu achava dos discos.
Pois bem, nascia o New Progshine nos primeiros meses de 2006; que durou 13 meses e alcançou um público por mim nunca imaginado. Arquivos que eu postei em 2006 ainda estão no ar, só pra vocês terem uma ideia.
Como muita gente começou a fazer o mesmo e como eu queria mais, em 2007 comecei a pensar no formato site. Após um tempo estudando, o mesmo nascia em Fevereiro de 2008: o Progshine.com, ampliando ainda mais meus humildes planos. Desde então tenho 'servido' o mundo do Rock Progressivo diariamente: resenhas, notícias, perfis de bandas ocupam meus dias e ganhei muito com tudo isso, não monetariamente, pelo contrário, mas ganhei amigos, fiz contatos, fui a eventos, shows, conversei com pessoas do meio musical, e hoje posso dizer que tenho orgulho do Site. O primeiro nesse formato aqui em terras tupiniquins.
Sigo forte com o Progshine, todos os dias, se possível.
O Maddy eu 'conheço' há tempos. Desde a época do antigo Delirium Dust. E assim, da mesma forma que ele, eu tenho gana de 'espalhar' a palavra musical pela web. Sou um fanático por blogs e estou sempre inventando alguma coisa, sempre; devo ter cerca de uns 10 blogs, mas ativos são os seguintes:

Progshine (meu filho)
Rock Vídeos
Rock In News (participação)
Progghead (Download de discos de Prog, tenho apenas uma participação esporádica por lá)

E como se o Progshine não bastasse, e porque sempre recebo pedidos no Rate Your Music, decidi começar um projeto 'impossível', o Download De Países. Que consiste em postar TUDO que eu tenho em blogs separados por países, e atualizar quando for ouvindo e conhecendo mais Música, sem nenhuma limitação de gênero, porque desprezar música, mesmo a ruim, pra mim, é idiotice.
Atualmente eu tenho em meu computador 222Gb de música 'organizada', como eu chamo, tudo certinho por países de origem, e mais 280Gb em uma pasta que eu chamo de 'ouça' (rsrs). Sem contar meus CDS que passam de 300 e muitas mídias gravadas.
Minha intenção nunca foi 'me mostrar', é só uma mania que eu tenho e porque eu gosto de fazer acabo exagerando!

Pois é, o exagerado amigo é, na verdade, um cara muito modesto e tranquilo, que sempre está presente e nos presenteando – é um generoso acima de tudo. Agora o Diego está morando em Guaíba (RS), mais uma cidade pro currículo, e de lá continua nos mandando as notícias do Prog do mundo inteiro. Mandando muito bem!
Agora, vocês que visitam o Plano Z, marquem presença nos blogs e no site do Diego - quem ganha com isso somos nós!

10 comentários:

Anônimo disse...

"...porque desprezar música, mesmo a ruim, pra mim, é idiotice"

Sou um completo idiota. Pois deprezo Luan Santana, duplas Sertanejas, funks cariocas, tecno-bregas paraenses, Justin Bieber, NX-zero, Fresco, Parangolé e toda uma grande massa de porcarias que infestam nossa música.

Aguardemos então o que esta por vir.

[]

blacksabbath4share disse...

Acho que nem precisava dizer nada Marcello, mas foi um baita presente, de verdade.
Só espero um dia finalmente te conhecer e pagar o post com uma cerveja pelo menos hahahaha :)

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaaaaaala, El Hombre De Los Trocentos Log-Ins!
Bem, vamos combinar que os 'artistas' e estilos que você listou não são assim, exatamente, Música - não com maiúscula, ao menos... rsrsrsrsrs
Beleza, um dia a gente ainda vai se encontrar e você me paga um Guaraná Antarctica, OK? rsrsrsrs
Abração, irmão!
ML

Progshine disse...

Anonimo, entenda como quiser, eu estava falando de música e vc não citou nenhuma no seu comentário,

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Diegão, mizifi, pra você ver, ando tem sem-noção que achei que o comentário anônimo era uma retificação sua... rsrsrsrs
De qualquer maneira, com certeza você também não gosta dos tais 'artistas' citados por ele.
É isso, bem desse jeito...
Aquele abraço!
ML

Diego disse...

hahahaha, acontece, eu tb to bem sem noção mudei o layout do Progshine e to refazendo as 2 mil páginas do site hahahahahaha

Never Too Old To Rock disse...

Bacana mesmo a disposição dos dois em compartilhar o rock and roll e suas vertentes.

É incrível a empatia ao ouvir pink floyd, o Progshine parece que estava falando por mim. Coisas da magia flydiana...

Maddy Lee, posso dizer que o seu trabalho foi a fonte de inspiração para que eu entra-se no universo compartilhador da boa música.

A galera voltada ao rock não tem egoismo algum, é o maior prazer levar algo que já conhecemos para os que ainda não conhece.

Acho que todos fazem isso com amigos próximo, que basta apenas emprestar um Disco, ou cd...
Mas dedicar um tempo para fazer ups, organizar as idéias pra uma melhor descrição em meio a vida a vida caótica e hiper dinâmica é digno de Nobel da luta contra a ignorância musical.

Parabéns a todos aficionados e empenhados com a divulgação não apenas de música mas sim de cultura.

Dispensando toda a solenidade da ocasião: vocês são foda véi.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaaaaaala, Diegão!
Véi, vosmicê é o verdadeiro webaholic, mizifii!!! rsrsrsrsrs
E nem posso mandar o velho "vai procurar uma menina bacana pra encher teu tempo" porque nesse quesito você tá muito bem parado! rsrsrsrsrsrs
Bo sorte nas atualizações!

Graaaaaaaaaaande Véio Juvenil!
Fico envaidecido com suas palavras, mizifi! Ainda mais porque um dos grandes intuitos de toda essa história é exatamente esse: inspirar e incentivar as pessoas a compartilharem suas idéias e gostos, principalmente musical. Na época da fita cassete eu era um grande entusiasta no que diz respeito a gravar uns discos e presentear os amigos - a propagação da cultura!
Quanto aos blogs e a falta de tempo, confesso que sempre penso em largar tudo isso, mas já estou infectado com esse vírus até a medula, não consigo largar esse 'vício'! rsrsrsrsrsrs
Mais uma vez, valeu por tudo!

Abraços!
ML

Diego disse...

Infelizmente o Google desativou minha conta no Youtube e o meu blog de vídeos, então....

Tinham vídeos que eu era o único que tinha postado, há mais de 3 anos, mas paciência :(

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaaaaaaaala!
PoiZé, meu irmão, tem que ter paciência...
Abração!
ML