quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Niche

Niche - Heading East (2015)

Estados Unidos
Retro ‘70s vintage psych hard prog southern rock
Justin Dick (vocais, guitarra), Kristopher Maedke-Russell (guitarra, vocais), Michael Redmond (baixo, vocais), Corey Barhorst (teclados) e Lee Vallier (bateria)


Hoje em dia está cada vez mais raro aparecer um disco que me surpreenda, me impressione e que deixe uma marca, seja lá qual for, mas principalmente que me deixe com aquele sorrisão por estar escutando algo realmente fuderoso. Pois bem, isso aconteceu há poucas semanas atrás quando escutei esse “Heading East”, um disco que poderia, fácil, se passar por uma das tais pérolas perdidas dos anos 70. As faixas “Dear Sweet Anne” e “Tough And Mean” (que poderia estar facilmente num disco do Thin Lizzy) até já viraram hits aqui em casa.
Discaço-aço-aço-aço-aço-aço!!!
Nem vou escrever mais nada e gastar todos os poucos adjetivos totalmente excelentes que conheço.
Esse é o terceiro disco dessa banda de Savannah, GA; o primeiro deles pela Retro Futurist Records. Eu tenho aqui o segundo deles, “The Other Side Of The End”, quando ainda assinavam como Niche Sav, mas esse tem uma pegada mais hard/stoner; é um disco muito bom também; de repente o postarei aqui numa outra oportunidade. Já o primeiro álbum, “So Be It”, eu não achei em lugar nenhum, portanto, se alguém o tiver e quiser fazer as honras nos presenteando com um link, poderei postar aqui também.
Só demorei pra postar porque eu estava tentando achar uma cópia com bitrate mais alto, mas como só achei essa em 192kbps, vai essa mesmo.
Baixe e escute o mais rápido possível, garanto que vai te fazer um bem danado.

NOVO LINK!!!! / NEW LINK!!!! 320 kbps
 Link nos comentários / Link on comments

13 comentários:

Diego Camargo disse...

Ei, as prévias que eu ouvi no Bandcamp são muito boas mesmo. O vocal é fraco, mas tem o seu 'charme pessoal' vou baixar e ver qual é a do disco :)

Anônimo disse...

O primeiro disco da banda está à venda na Bandcamp por R$3, ou seja, R$12,00, mais ou menos. Você não tem essa grana?

Anônimo disse...

Pô bro,
o disco que vc tanto procura está no próprio link que vc cordialmente informa.
E custa só US$ 3,00! Valor que mesmo nesse Brasil desengonçado não compra uma pizza de supermercado.
Vou dar um jeito aqui e eu volto a falar contigo.
Mariana Fresquetini

Marcello 'Maddy Lee' disse...

Faaaala, Diegão!
PoiZé, o vocal não é lá o de um virtuoso, quando ouvi a primeira música até achei que ele era um gringo cantando em inglês... rsrsrs Mas o cara é autêntico bagarái, é aquela coisa do compositor que canta o que sente, o que escreveu, de um jeito que muitos que cantam até melhor não conseguem preservar essa identidade. De qualquer maneira, acho que a força do disco e da banda é o coletivo, o conjunto, e isso é uma das melhores coisas do rock. Manda ver porque a parada é da boa, mizifio! rsrs

Prezado "Anônimo" e cara Mariana, antes de tudo sejam bem vindos!
Vou explicar umas coisas, porque não quero ser tachado de "pão-duro".
Eu já tive mais de 21.000 LPs e algo em torno de 5.000 CDs. Pois é, eu disse TIVE, porque perdi tudo por conta de uma ex-cunhada enfurecida (que jogou fora meus discos que estavam com meu irmão), cupins (uma boa parte) e um incêndio (TUDO o que eu tinha). Fazendo umas contas por baixo, digamos que cada item tenha custado US$ 5,00, que é bem por baixo mesmo, já que eu tinha umas raridades valiosas. Digamos que eu tenha gasto algo torno de US$ 150.000,00 em discos, durante boa parte da minha vida e (na verdade, foi bem mais do que isso), bem, tudo virou pó e fumaça (no mal sentido... hehehe). Decidi então que eu nunca mais gastaria dinheiro com isso, porque é tipo um vício tão animal quanto qualquer outro (minha mulher diz que deveria existir um tipo de AA pra viciados em música... rsrsrs); então, o que estou querendo dizer é que por uma questão de princípios eu não gasto mais grana com isso. A única exceção que faço é para os lançamentos do Rush, por questões óbvias. Além de tudo, é tão fácil encontrarmos tudo isso pela rede, digrátis...
Desde 2005 eu tenho disponibilizado discos para download, talvez como uma forma de agradecer a todos as pessoas que também disponibilizaram e disponibilizam discos pra gente baixar; uma grande parte do que já postei, principalmente na época d'O Pântano Elétrico, foram dos CDs que me sobraram.
Se eu abrir mais uma exceção, além do Rush, vou acabar me perdendo no vício, aí só com uma caríssima clínica de reabilitação pra me curar... rsrsrsrrsrsrsrsrs

Bem, é isso.
Divirtam-se!!
Valeu!

Javanes disse...

Maddy Lee, gostei do som. Obrigado por descolar estas raridades... Como vc mesmo disse, hoje com a NET, fica difícil encontrar sons novos que nos surpreendam!
valeu meu velheo e bom final de semana1

Marcello 'Maddy Lee' disse...

Grande Java Man!
Cara, é difícil mas não é impossível, ainda bem! Acho que depois de tantos e tantos anos escutando música e sempre procurando por novidades, é natural que, aos poucos, as surpresas diminuam. Ao mesmo tempo que a qualidade da produção vem caindo, a quantidade de novas bandas e artistas que vêm surgindo só aumenta. É uma equação de certo modo fácil, mas é cada vez mais difícil separar o joio do trigo.
Se fizermos uma lista dos melhores discos de, por exemplo, 1975, 1985, 1995, 2005 e 2015 ficará fácil de ver que a lista só diminui - infelizmente.
Abração!!
Valeu!

Edson d'Aquino disse...

Cara, vou conferir pq as harmonias vocais folk sessentista me deixaram loooouuuuco! Adoro isso!
[]ões

Marcello 'Maddy Lee' disse...

Graaaaaaaaaaaaande Campeão da SEGUNDA Divisão!
Véi, vou te dizer que isso foi uma das coisas que me chamou atenção, de cara, mas ao prestar mais atenção eu percebi que isso era MAIS UMA da qualidades desse disco. Tenho certeza que vais curtir à vera!
Abração!

Diego Camargo disse...

Bela surpresa!

Caminham pelo caminho certíssimo! O disco novo não é longo demais, os vocais principais em algumas faixas não são muito bons mas as vocalizações são, o som não é nem Prog nem Psicodélico mas ao mesmo tempo é (vai entender). Curti, bastante, bela surpresa norte americana :)

Marcello 'Maddy Lee' disse...

Então tu voltaste, mizifio?!?!? rsrsrs
Mas eu estava mesmo curioso sobre a tua avaliação. E é isso aí, são e não são e são isso tudo, extremamente surpreendente.
Agora só falta a gente descolar o primeirão deles...
Abração!

José Miranda disse...

Sigo o seu conselho (do post de 16 de Dezembro - estou vendo do mais recente para trás) e vou também ouvir este brevemente.

Abraço, amigo.

Marcello 'Maddy Lee' disse...

Miranda, meu amigo, este disco foi, para mim, a grande surpresa de 2015. Se eu fizesse uma lista de melhores do ano, ele estaria, com toda certeza, no topo.
Grande abraço!!

Marcello 'Maddy Lee' disse...

Niche - Heading East (2015)
320kbps

https://mega.nz/#!ygsUhTQL!Gw_2NlQ_gYWzjScGtWIiwEgd7Y9TY2LCnEajVXF9m6g